O EDITAL DE LICITAÇÃO DO TRANSPORTE URBANO DE AMPARO RESUMIDO E COMENTADO ( PARTE 1 )

Olá amigos e leitores do blog, estamos atualizando nesta segunda feira de sol e calor neste momento



Agradecemos a todos pelas visitas e em especial ao CLAYTON, SANDRO e CARLOS pelos comentários


CLAYTON



Beleza Roger bom final de semana para você e todos os amigos que acompanham seu Blog



Pois é meu amigo estamos de volta !!!


Abss e fique com Deus



CARLOS

A única cidade da Região que a família Chedid "ainda" não conquistou!
Mas que eu acho que daqui pra frente será questão de tempo!

Sai fora Amparo viação Turismo!!!!!..
Nós merecemos um transporte realmente de Qualidade.

Se Deus quiser agora essa licitação sai!!!





Vamos aguardar Carlos tem aquela frase que diz tudo pode acontecer, até o nada kkk


Abss e fique com Deus



PAULO


Estava a ler o jornal por esses dias que se passaram e me deparei com uma informação um tanto confusa. A matéria dis em um trecho o seguinte: "As linhas metropolitanas que percorrem a cidade (ou seja, aquelas que entram nos bairros) serão extintas e absorvidas pela Sancetur." Fiquei me perguntando, as linhas 676, 677, 679, 680 e 683 e talvez a 678 serão extintas e absorvidas pela Sancetur, então ela vai operar essas linhas como metropolitana ou essas linhas não existiram mais, ou a Sancetur vai criar linhas alternativas para suprir a extinção dessas linhas....kkkk N questionamentos. Caso alguém queira ler está disponível também no site do jornal: www.folhadevalinhos.com.br. Você viu Sandro? Saberia decifrar essa charada...kkkk



Aguardo novas informações, apesar de agora estar priorizando a nossa licitação, sempre que houver alguma noticia de Valinhos podem compartilhar


Abss e fique com Deus




##################################################################################################################################################

Bem amigos, como prometido trazendo a partir de hoje uma série de postagens sobre a licitação do transporte urbano de Amparo
Começaremos abordando o edital que a peça chave do processo e que foi o alvo de impugnação da primeira vez e que depois de 2 anos na justiça finalmente foi corrigido e liberado e na última postagem eu darei meus palpites sobre quem pode vencer
O proposito destas postagens e trazer de forma resumida e comentada os principais pontos, e sem nenhum viés politico


COMEÇAMOS COM A OBRIGAÇÃO DA FUTURA CONCESSIONÁRIA EM CONSTRUIR E MANTER ABRIGOS E PONTOS DE ONIBUS, BEM COMO O SEU ESPAÇO NA RODOVIARIA



f) Conservação e manutenção dos equipamentos urbanos (abrigos, bancos e indicadores de ponto)
instalados nos pontos de parada do sistema de transporte coletivo urbano;
g) Operação e conservação da área destinada às linhas municipais no Terminal Rodoviário de
Amparo;

COMENTÁRIO


Isso é de fato algo muito positivo, pois tira da municipalidade esta obrigação e consequentemente economizando os cofres públicos



DOS VEÍCULOS

4.3. A frota operacional e de reserva técnica deverá ser composta por veículos com as características dadas no Anexo I e com as seguintes condições em relação à idade da frota: a) Idade média inferior a 6 (seis) anos; b) Idade máxima dos veículos de 10 (dez) anos para ônibus e 7 (sete) anos para microônibus.

 4.3.1. O cálculo da idade média da frota será realizado considerando como idade de cada veículo o total de meses, convertidos em anos, calculado pela diferença entre o mês e ano de realização do cálculo e o mês e ano do primeiro encarroçamento do veículo sobre chassi novo, comprovado por documentação oficial do fornecedor do chassi e da empresa encarroçadora.      

4.3.2. Para o início da operação dos serviços concedidos a Concessionária deverá dispor de 100% (cem por cento) dos veículos zero quilômetro.


 4.3.3. A Concessionária, ao longo do prazo da concessão, não poderá substituir a frota de veículos proposta, sem autorização da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano.


COMENTÁRIO


Pois é algo que no primeiro edital estava como ônibus até 5 anos no início, agora foi mudado impondo a futura empresa a obrigação de FROTA ZERO no inicio da operação e no maximo 10 anos mantendo media de 6 anos, enfim, vai depender muito de quem for a empresa vencedora para saber se haverá uma politica de renovação ou não, eu particularmente achava que deveria se estabelecer um prazo para renovação total, tipo se a concessão é de 15 anos, uma renovação total no setimo ano, assim a empresa poderia se planejar antecipadamente e teriamos a garantia de onibus novos, mas enfim só o fato de se ter colocado a clausula de que a empresa esta proibida de substituir onibus sem autorização da Prefeitura, nós da uma certo alivio de nos ver na nossa cidade coisas que aconteceram em cidades no Brasil da empresa entregar uma frota de onibus zero e um tempo depois substitui-los por onibus não zero, por outro lado pode acontecer no final algo do tipo que a empresa tenha todos os onibus com idade circulando e talvez causando reclamações na população
Caberá a fiscalização a Prefeitura e por parte dos usuários e logicamente nossa né, que estaremos atentos ao restrito cumprimento do contrato





ALGO MUITO BOM, O ENVIO MENSAL DE RELATORIOS DA OPERAÇÃO DA EMPRESA A PREFEITURA


4.7. Caberá à Concessionária enviar mensalmente à SMDU, até o dia 15 (quinze) de cada mês, as informações sobre a operação realizada (registros diários das viagens) e sobre o perfil da demanda, mediante relatórios e bancos de dados a serem definidos em procedimentos específicos pela SMDU, observando o disposto no Anexo I.


COMENTÁRIO


Mais um ponto positivo no edital é que com estes relatórios vamos ter a exata noção de como esta nosso transporte




POR FIM USO DE PUBLICIDADE PELA FUTURA CONCESSIONARIA


5.5. A Concessionária poderá explorar fontes de receitas alternativas, tais como: a) Veiculação de publicidade nos cartões do Sistema de Bilhetagem Eletrônica – SBE, na frota vinculada ao serviço de transporte municipal e nos equipamentos urbanos instalados nos pontos de parada; b) Uso de espaços lógicos dos cartões do Sistema de Bilhetagem Eletrônica – SBE.

5.5.2. No caso de veiculação publicitária na frota e nos equipamentos urbanos, 30% (trinta por cento) do espaço disponível deverá ser reservado para uso exclusivo do Município de Amparo/SP, desde que solicitado.


COMENTÁRIO

Com a regulamentação da exploração publicitária, vamos ter acesso a receita desta parte que nunca foi divulgada e também a empresa vai ter, creio eu, um bom retorno com a veiculação de publicidade nos pontos de onibus, principalmente os centrais, além é claro nos bilhetes 


AMANHÃ A SEGUNDA PARTE DA LICITAÇÃO



#########################################################################


É ISSO AI AMIGOS
AMANHÃ UM NOVO POST SE DEUS QUISER
ABSS E FIQUEM COM DEUS SEMPRE !!

Comentários

  1. Boa Tarde,

    Estava um pouco afastado das notícias diárias, pois estava em férias, mas agora estou retomando o acesso diário.

    Eu quase não consigo pegar o jornal da folha de valinhos, mas isto está me cheirando confusão, pois as linhas citadas são metropolitanas, e pelas normas da emtu não podem ser supridas por carros municipais, a não ser que seja autorizada para fazê-las ou absorvidas mediante concessão.

    Esta notícia está com cara de ser informação da prefeitura, se for, vem confusão à vista novamente.

    Vamos aguardar novas notícias volto a informar.

    Sandro R dos Santos - SRS

    ResponderExcluir
  2. Realmente Sandro, muito estranho essa informação. Até hoje fico me perguntando que porr.... é essa. Extinguir essas linhas é uma tremenda de uma bobagem, pra não falar burrice, mas vou aguardar pra ver como vai ficar isso.

    ResponderExcluir

Postar um comentário