URGENTE !!!! LIMINAR DERRUBA RESULTADO DA LICITAÇÃO EM VALINHOS

Olá amigos e leitores do blog, estamos atualizando nesta quinta feira de sol e calor neste momento





Agradecemos a todos pelas visitas e em especial ao SANDRO, OSNI, TIAGO e ALAN pelos comentários


SANDRO


Boa tarde Roger,

Pois é , esta história ainda estou vendo algo que não está batendo, mas vamos aguardar, de fato é uma surpresa, pois a Rápido Sumaré começou a operar em Várzea paulista no dia 02/07 no lugar da VB. 

Agora sai esta notícia aqui em Valinhos, acho que até dia 15/07 que é o prazo legal para entrar com recurso tanto de uma contra a outra questionando a licitação pode mudar da água para o vinho mas vamos aguardar.

Estou passando o edital detalhado e o processo administrativo das duas questionando a validade e participação no processo de licitação.



Olá Sandro tudo bem?



Agradeço pelas informações complementares e pelo envio do edital e no caso acehi estranho que uma cidade como Valinhos que tem uma das tarifas mais altas tenha exigido carros com até 5 de uso, mas por outro lado eu achei o contrato bem amarrado pois exige não só a outorga incial, mas o pagamento de digamos assim, 1% do lucro mensalmente durante todo o contrato

Enfim vamos aguardar se haverá ainda alguma contestação

Abss e fique com Deus


OSNI

outro detalhe é que o nome Rlc tem sumido em algumas cidades em São João da Boa vista por exemplo saiu a rapido luxo entrou também a rapido Sumaré


Pois é Osni tem este detalhe né, vamos ver o que pode acontecer no futuro com o Grupo, mas eu como disse, creio que haverá redução de uma forma ou de outra


Abss e fique com Deus



TIAGO


E ai tudo bem ?? Espero que sim !!! Interessante essa reviravolta,vendo na OB essa empresa tem vários ex breda e ex Piracicabana,espero que mude um pouco a cara da região trazendo sempre melhorias, se for seguir a tendencia da lhe Neobus hehe ou Svelto como a Jundiá colocou em Peruíbe.Abraços



Olá Tiago tudo bem graças a Deus


Pois é rapaz são duas incógnitas na entrada da SANCETUR, primeiro é sobre a frota, e depois sobre onde será a garagem em Valinhos
Sobre a frota, graças ao Sandro que mandou o edital, pude ver que podem ser carros com até 5 anos de uso, diante disso, a julgar num primeiro momento pela frota atual de escolar da empresa, poderíamos crer que supostamente viriam usados, mas pode ser que possa acontecer uma surpresa de vir frota zero
Se acaso vir usados eu estive fazendo um calculo e coincidiria o inicio de operação em Valinhos com o final da operação da FENIX em Itapira e dai quem sabe eles poderiam utilizar-se como parte da frota, destes mesmos carros já que a parte da familia dona da SANCETUR tem excelente relacionamento com a parte dona da FENIX, enfim, resta-nos aguardar

Abss e fique com Deus



##################################################################################################################################################


Bem amigos, graças a informação do Alan, o qual agradecemos, ontem a noite, soubemos que a justiça deu liminar a RAPIDO SUMARÉ contestando o resultado da licitação que favoreceu a SANCETUR




VEJA A REPORTAGEM DO G1 CAMPINAS






Liminar suspende licitação para transporte municipal em Valinhos

Entrega de envelope antes do prazo fere Lei das Licitações e Contratos.
Prefeitura ainda não foi notificada da decisão, mas disse que irá recorrer.

Do G1 Campinas e Região
Saída de coletivos foi interrompida por motoristas durante o protesto em Valinhos (Foto: Edvaldo de Souza/ EPTV)Depois de perder a licitação, a Rápido Sumaré recorreu à Justiça  (Foto: Edvaldo de Souza / EPTV)
Uma liminar suspendeu a licitação realizada pela Prefeitura do Valinhos (SP) para a escolha da empresa que irá operar o serviço de transporte público pelos próximos 30 anos. Esta semana, a empresa Sancetur Turismo Ltda havia sido declarada vencedora da concorrência em decisão publicada no Diário Oficial do Estado. Ainda cabe recurso.
No documento, deferido na tarde desta terça-feira (12), a juíza Daniella Aparecida Soriano Uccelli acolheu o pedido da outra concorrente, a Rápido Sumaré, que alegou ter sido lesada no processo, uma vez que a Sancetur entregou o envelope com a proposta da licitação um dia antes do previsto no edital.
O edital não estabeleceu limite máximo para a entrega do envelope, mas prazo certo. Na decisão, a juíza lembra que o fato fere a Lei 8.666/93, que institui as normas para licitações e contratos da administração pública, evidenciando a violação aos princípios da isonomia, legalidade, publicidade, competitividade e transparência.
No certame, a Sancetur apresentou proposta no valor de R$ 1,2 milhão, 4,5 vezes superior ao valor apresentado pela Rápido Sumaré Ltda, que faz parte do conglomerado da atual operadora do serviço de transporte público, a Rápido Luxo Campinas, segundo a Prefeitura
Defesa
A juíza deu um prazo de dez dias para que a Prefeitura e a Sancetur possam se manifestar no processo. Procurada pelo G1, a assessoria de imprensa da Prefeitura disse que ainda não foi notificada da decisão, mas que vai recorrer e prestar os esclarecimentos necessários.
Segundo a nota "o argumento da empresa do grupo da Rápido Luxo Campinas não tem fundamento", uma vez que a empresa vencedora da licitação pagou valor justo. "Ressalte-se que a empresa do grupo Rápido Luxo Campinas ofereceu à Prefeitura de Valinhos R$ 282 mil, enquanto a empresa vencedora da licitação ofereceu R$ 1,2 milhão para explorar o serviço", diz trecho.
Terminal Rodoviário de Valinhos (SP) (Foto: Fernando Pacífico / G1 Campinas)Terminal Rodoviário de Valinhos
(Foto: Fernando Pacífico / G1 Campinas)
O transporte coletivo na cidade está irregular e o Ministério Público vinha cobrando a realização de concorrência pública desde 2012. A promotoria argumentava que o transporte coletivo passou a ser executado pela Rápido Luxo Campinas, em 1982, quando o serviço ainda não era regulamentado e que a empresa seguiu em atividade sem que fosse realizada uma licitação, mesmo após a regularização do serviço, em 1989.
Segundo a prefeitura, a licitação foi aberta justamente para que possa ser assinado contrato. Questionada sobre o que acontece enquanto não há uma decisão final da Justiça, a Prefeitura disse que, por enquanto, "o transporte continuará a ser operado precariamente/ irregularmente pelo grupo da Rápido Luxo Campinas"
Recurso
O advogado da Sancetur, Carlos Daniel Rolfsen, afirmou que está avaliando a suspensão. Contudo, ele disse que na próxima semana deve realizar um pedido de reconsideração da decisão proferida pela juíza Daniella Aparecida Soriano Uccelli, ou ingressar com recurso junto ao Tribunal de Justiça do estado (TJ-SP). "Acredito que seja possível reverter", falou o defensor.

COMENTÁRIO


VAMOS AGUARDAR O DESENROLAR DESTA HISTÓRIA E NO CASO O ARGUMENTO DO RECURSO FEITO PELA RAPIDO SUMARÉ É BASEADO APENAS NUMA MERA QUESTÃO TECNICA QUE NÃO MUDA EM NADA NA MINHA OPINIÃO O BOJO DA QUESTÃO QUE É O FATO DA EMPRESA DO GRUPO BELARMINO NÃO TER TIDO CONDIÇÃO FINANCEIRA DE COBRIR A PROPOSTA DA SANCETUR

VAMOS VER O QUE VAI DAR TUDO ISSO



#########################################################################


AVISO


AMANHÃ SE DEUS QUISER, ESTAREI INDO A ITAPIRA PARA REGISTRAR OS ULTIMOS MOMENTOS DA VIAÇÃO ITAJAI, PORTANTO NÃO HAVERÁ POSTAGEM
VOLTAMOS NO SABADO 


ABSS E FIQUE COM DEUS


Comentários

  1. Oi Roger venha mesmo vai ser bem interessante a postagem com certeza uma dica se vc quiser dependendo do horário entre a 7:30 e 8:30 da manha há também um movimento dos carros da mirage que estão recolhendo vindo das empresas e sempre acabam passando ali por perto da rotatoria da rodoviaria o movimento tá menor devido as férias escolares mas da pra pegar alguma coisa Osni

    ResponderExcluir
  2. Boa noite colega deixa eu ver se entendi a rápido sumaré é do grupo Belarmino e o consórcio bus+ que vai virar o que na região metropolitana então se a viação capellini é dele também porque rápido campinas tá em crise imagine as outras empresas dele

    ResponderExcluir
  3. Boa noite colega venho aqui fazer um convite pra você a banda marcial do Senai de Americana vai estar em Socorro amanhã apresentando com Leo maia na praça matriz no festival de inverno 2016 gostaria que você fosse prestigiar nossa banda

    ResponderExcluir
  4. o TJ já deu parecer favorável a Sancetur, e ela já está liberada a operar em Valinhos. Agora é só aguardar o início das operações, onde será a garagem e quais os veículos que a Sancetur trará pra Valinhos.

    ResponderExcluir

Postar um comentário