MAIS UM CAPITULO NA DISPUTA ENVOLVENDO A VIAÇÃO ITAJAI E A PREFEITURA DE ITAPIRA

Olá amigos e leitores do blog, estamos atualizando nesta terça feira de tempo instável



Agradecemos a todos pelas visitas
MUITO OBRIGADO DE CORAÇÃO !!!



##################################################################################################################################################


Bem amigos, eu tive acesso a noticia na tarde de ontem e compartilho para voces mais um capitulo na disputa entre VIAÇÃO ITAJAI e a PREFEITURA DE ITAPIRA
Como já mostrado aqui. a cidade de Itapira assim como Amparo esta com problemas em seu transporte e agora a ITAJAI entrou com um processo contra a Prefeitura exigindo uma indenização

VEJA A MATÉRIA DO SITE ITAPIRANEWS




Empresa entrou com ação na Justiça para cobrar indenização (Arquivo)
Empresa entrou com ação na Justiça para cobrar indenização (Arquivo)
Uma ação judicial de autoria da Viação Itajaí, empresa que explora o transporte coletivo em Itapira, cobra da Prefeitura de Itapira o pagamento de R$ 7,6 milhões em indenizações.
 A ação por dano material também tenta impor reajuste no valor da tarifa dos ônibus circulares. A ação deu entrada no Fórum local em abril e pede concessão de tutela antecipada para elevar o valor da tarifa.
O pedido tem a mesma base do pleito indenizatório: o argumento de que a tarifa está defasada desde 2011. Como o processo corre em segredo de Justiça, a reportagem não conseguiu acesso aos autos da petição inicial. Questionada, a Viação Itajaí também não informou qual o percentual de reajuste que pleiteia. Apesar disso, suposições apontam para até 40% sobre os atuais R$ 3,30, o que elevaria a tarifa para cerca de R$ 4,60.
O valor da indenização, por sua vez, seria o necessário para reparar os prejuízos ocasionados pela defasagem tarifária apurada nos últimos cinco anos. O imbróglio envolvendo a tentativa de reajuste da tarifa já não é novidade – inclusive, em março passado, o assunto culminou em tremendo mal-estar entre a Prefeitura e a empresa.
Na época, o gerente-geral do Expresso Gardênia (responsável pelo gerenciamento da Itajaí), José Eustáquio Guido, revelou que a concessionária pleiteava desde dezembro de 2015 o reajuste da tarifa para R$ 4,63. A empresa também requereu autorização para subir o preço da passagem para R$ 4,00, mais subvenção mensal de R$ 60 mil dos cofres públicos, com o objetivo de operar fora do vermelho. Tudo negado pela administração.
Segundo afirmou, em março, o gerente-geral, atualmente a Itajaí opera em Itapira com prejuízo mensal superior a R$ 70 mil. Já a Prefeitura, em nota emitida na época, contestou a tese de que a empresa enfrenta prejuízos e criticou a qualidade dos serviços. Além disso, classificou a presença da Viação Itajaí em Itapira como uma “herança da administração anterior”.  O processo movido pela Itajaí contra o município corre na 1ª Vara, que tem como juiz Pedro Rebello Bortolini. Inicialmente, o valor da causa ultrapassava os R$ 7,8 milhões, mas a pretensão indenizatória foi reduzida em pouco mais de R$ 200 mil. Procurada, a Prefeitura não se manifestou sobre o assunto.


É claro que se esta na justiça a historia vai longe, mas agora se confirmar a hipótese de que a empresa estaria supostamente querendo uma tarifa de 4.60 ai ja beira o absurdo
Vamos acompanhando o desenrolar desta historia


#########################################################################


AVISO


AMANHÃ ESTAREI EM CAMPINAS


#########################################################################



ABSS E FIQUEM COM DEUS SEMPRE !!!!

Comentários

  1. é Roger o negócio tá complicado ,cada um pode ter seus motivos ,agora tarifa a 4,60 numa cidade do tamanho de Itapira não dá acredito que a prefeitura vai intervir até pq esse ano tem eleição e se acontecer esse aumento o atual grupo politico vai estar enterrando a chance de ganhar novamente e o povão tá muito revoltado dá dó dos colegas que escutam um caminhão de besteiras por causa dessa guerra entre a itajaí e a prefeitura

    ResponderExcluir

Postar um comentário